Como proteger os dados da minha empresa?

Data: 05/11/2018 | Autor: PHS Brasil

Engana-se quem pensa que somente grandes corporações possuem o risco de segurança nos dados armazenados. Atualmente, pequenas e médias empresas também estão vulneráveis tanto a ataques externos de hackers e outras pessoas que entram no banco de dados para extrair informações, como na própria manipulação interna indevida, pelos colaboradores.

Mas como saber se os sistemas que são utilizados na empresa estão protegidos, assim como as informações e dados que eles geram? Para isso, é preciso adquirir ferramentas de segurança para garantir a integridade desses arquivos e também um sistema de armazenamento que seja competente.

Primeiro, onde ficam armazenadas as informações?

O primeiro passo é escolher a melhor maneira de gerar e principalmente manter guardada a base de dados, ou seja, o back up. Dispositivos móveis e físicos como HD’s (colocar link do artigo sobre backupshttps://www.phsbrasil.com.br/blog/voce-ja-fez-backup-hoje) pode ser uma ótima opção. Porém, a escolha pelo armazenamento em nuvem é uma forma com grande custo-benefício, em servidores virtuais.

Conheça as ferramentas de segurança mais comuns

Depois de decidido, o próximo passo é escolher qual ferramenta de segurança será adequada para cada necessidade, sempre pensando na proteção, integridade e confiabilidade dos dados que estão sendo guardados.

Conheça as ferramentas de segurança disponíveis e mais utilizadas no mercado:

Firewalls – estes validam os acessos e barram invasores;
Antivírus – impedem a perda de integridade das informações, incluindo o seu apagamento que pode ser comandado pelos vírus e malwares
Internet dedicada – esta é a ferramenta que agiliza as comunicações dentro das empresas, tornando-as mais rápidas;
Fuzzers – impede que informações sem autenticidade ou integridade sejam armazenadas no sistema.

Falamos até agora de ataques externos, deixando os acessos expostos e acessíveis, quando não implementadas políticas de segurança. Agora, vamos falar sobre a hierarquia e departamentalização dos dados e seus acessos.

Garanta a segurança também dentro da própria empresa

Outra forma importante na política de acesso a dados internamente é a possível hierarquia e departamentalização. Isso quer dizer que um sistema de segurança bem aplicado pode ser orientado a fim de proteger o acesso aos dados da empresa para os colaboradores de acordo com a necessidade.

Essa prática auxilia a manter o sigilo das informações até mesmo para os departamentos internos.

Um exemplo que pode ser fácil de ser aplicado são as informações a respeito dos funcionários, seus dados pessoais, entre outros. Este deve ser mantido pelo RH e só deve ser acessado por seu departamento para garantir a integridade e autenticidade.

Entretanto, é importante frisar que apenas uma consultoria especializada pode analisar com profundidade e indicar as soluções mais adequada para cada tipo de empresa. E a PHS Brasil é referência em suporte técnico em informática, incluindo os sistemas de armazenamento e proteção de dados.