Você já fez backup hoje?

Data: 21/10/2018 | Autor: PHS Brasil

Perder dados. Essa era uma rotina muito comum para usuários de computadores residenciais e ainda acontece muito com empresas dos mais variados segmentos e tamanhos. Trabalhos de horas e até dias se perdiam e com isso, muito dinheiro.

E esse problema pode ocorrer em qualquer tipo de empresa ou instituição, pois hoje em dia é imprescindível usar meios tecnológicos para manter a rotina da corporação, mesmo que o trabalho final não seja diretamente ligado com computadores.

Por exemplo, uma loja de roupas ou um cabelereiro necessitam de armazenar e manipular seus dados de caixa, estoque (quando é o caso) e até mesmo a folha de pagamento de funcionários em programas. E perder essas informações causa grandes dores de cabeça.

Porém, incluir a rotina de um backup na rede de computadores é a forma correta e preventiva de manter as informações de uma empresa intactas, sem o perigo de perdê-las. E principalmente, trazer a possibilidade de recuperar o que pode ser perdido por meio de uma pane ou qualquer outra ação externa.

A solução pode ser a nuvem

Com a inclusão da tecnologia de armazenagem em nuvem (cloud) é possível manter as informações em servidores virtuais compartilhados, o que garante segurança e agilidade. Afinal, estas informações podem ser acessados de qualquer lugar e em qualquer hora. Quando utilizado um backup em nuvem, de tempo em tempo os dados são salvos no servidor virtual, proporcionando a sua recuperação, caso ocorra algum problema.

Além disso, optar pelo cloud pode trazer os demais benefícios:

- simultaneidade no acesso as informações, ou seja, vários colaboradores podem consultar os mesmos dados;

- redução de custos, visto que não é necessário manter uma estrutura física alocada na empresa, assim como manutenção dos equipamentos, afinal, tudo está em virtual;

Ou o Storage, sistema complexo e benéfico

Para aqueles que optam por possuir uma estrutura física que armazena dados, o Storage é um tipo de equipamento que funciona como um servidor de arquivos que realiza o backup e também compartilha dados.

Dividido em três grupos, tem como maiores diferenças a conexão, recursos utilizados e finalidade para cada uma:

- DAS: são as unidades de armazenamento que são conectadas diretamente aos servidores, notebooks, desktops ;

- NAS: são sistemas conectados na rede local, como um HD de rede que centraliza e guarda os dados;

- SAN: são redes de armazenamentos dedicados compostos por servidores e storages (DAS e NAS) interligados como uma estação que centraliza e gerencia as informações de forma rápida e assertiva;

Mas como saber qual o tipo adequado a minha empresa?

É importante lembrar que para cada tipo, tamanho e segmento da empresa é possível indicar qual o sistema de armazenamento de dados mais adequado. E somente profissionais qualificados que possuem experiência no assunto podem estudar, planejar e implementar o sistema ideal. E a PHS Brasil é a consultoria de informática certa para esse trabalho.

Leve mais segurança, rapidez e não perca tempo e trabalho com servidores que realizam backups para sua empresa.