Como Resolver #3: Vírus de Computador - O que é e como se prevenir

Data: 02/07/2018 | Autor: PHS Brasil

Criados por pessoas mal intencionadas que tem como objetivo roubar ou levar à perda de informações valiosas, ou da máquina em si, os vírus de computadores são programas maliciosos desenvolvidos para fins prejudiciais.

Existem diversos tipos de vírus de computador e celular, porém os mais perigosos são aqueles que roubam informações do usuário e aqueles que tem poder de apagar ou encriptar informações, dados, arquivos, etc. Existem também aqueles que criam um colapso no computador ou celular, provocando sua lentidão e posteriormente sua perda, pois eles param de funcionar.

Quais as variações e diferenças?

VÍRUS
É um programa malicioso desenvolvido por programadores que, tal como um vírus biológico, infecta o sistema, faz cópias de si mesmo e tenta se espalhar para outros computadores, utilizando-se de diversos meios. O vírus de computador se instala com o objetivo de prejudicar o desempenho de uma máquina, destruir arquivos ou mesmo se espalhar para outros computadores. Com isso, um computador que tem um vírus instalado pode ficar vulnerável para pessoas mal intencionadas, que podem vasculhar arquivos do sistema, bem como roubar dados, como senhas e números de cartões de crédito.

WORM
É semelhante a um vírus, porém com um diferencial, é um programa auto-replicante. Enquanto um vírus infecta um programa e necessita deste programa hospedeiro para se propagar, o Worm é um programa completo e não precisa de outro para se propagar. Um Worm pode ser projetado para tomar ações maliciosas após infestar um sistema, além de se auto-replicar, pode deletar arquivos em um sistema ou enviar documentos por email. A partir disso, o Worm pode tornar o computador infectado vulnerável a outros ataques e provocar danos apenas com o tráfego de rede gerado pela sua reprodução.

SPAM
É uma mensagem eletrônica não-solicitada enviada em massa. Na sua forma mais popular, um spam consiste numa mensagem de correio eletrônico com fins publicitários. O termo spam, no entanto, pode ser aplicado a mensagens enviadas por outros meios e em outras situações até modestas. Geralmente os spams têm caráter apelativo e na grande maioria das vezes são incômodos e inconvenientes.No geral, esses e-mails indesejados contam apenas propagandas, porém, em alguns casos há também a presença de vírus, por isso, mesmo que pareça inofensivo é necessário ter cuidado.

SPYWARE
Consiste num programa automático de computador, que recolhe informações sobre o usuário, sobre os seus costumes na Internet e transmite essa informação a uma entidade externa na Internet, sem o seu conhecimento nem o seu consentimento. Os Spywares podem ser desenvolvidos por firmas comerciais, que desejam monitorar o hábito dos usuários para avaliar seus costumes e vender estes dados pela internet. Desta forma, estas empresas costumam produzir inúmeras variantes de seus programas-espiões, aperfeiçoando-o, dificultando em muito a sua remoção. Com frequência, os Spywares costumavam vir legalmente embutidos em algum programa que fosse shareware ou freeware. Sua remoção era por vezes, feita quando da compra do software ou de uma versão mais completa e paga. Traduzindo ao pé da letra, Spyware significa "aplicativo ou programa espião".

PHISHING
É uma forma de fraude eletrônica, caracterizada por tentativas de adquirir informações sigilosas, tais como senhas e números de cartão de crédito, ao se fazer passar como uma pessoa confiável ou uma empresa enviando uma comunicação eletrônica oficial, como um correio ou uma mensagem instantânea. Na prática do Phishing surgem artimanhas cada vez mais sofisticadas para "pescar" (do inglês fish) as informações sigilosas dos usuários.

BOTNET | STORMWORM
O chamado Botnet é muito difícil de ser detectado e também analisado, pois ele se re-configura rapidamente e pode ser transmitido através de links que apontam para endereços IP de sites infectados. Atualmente ele é considerado o pior meio de infecção de um computador, pois pode atacar uma quantidade extremamente grande de vítimas.

ROOTKIT
É o nome dado ao conjunto de ferramenta utilizado por um hacker após obter acesso remoto, tornando o computador instável. A sua remoção pode danificar os dados do computador, apesar de ser difícil de ser encontrado. O objetivo de tais ferramentas é ler, alterar ou influenciar os processos em execução, os dados do sistema ou arquivos.

RAMSONWARE
É um tipo de malware que restringe o acesso ao sistema infectado e cobra um valor de "resgate" para que o acesso possa ser reestabelecido. Ele é atualmente um dos principaos problemas que empresas e usuários estão enfrentando. Como os arquivos são criptografados no contágio, apernas através de suposto pagamento e obtenção de senha os mesmos podem ser recuperados. Trata-se de um golpe ou de fato uma ação extorsiva, pois os crackers podem fornecer, ou não, o códigodecriptar os arquivos após o pagamento do "resgate".

 

Como se pega vírus?

Você pode não saber, mas está submetendo seu computador ou seu celular ao perigo de contrair um vírus toda vez que entra na internet em sites maliciosos ou perigosos, como os de conteúdo adulto, download de arquivos diversos e instalação de softwares não seguros ou troca de arquivos com pessoas. Outro ponto muito difundido de propagação atualmente é através de e-mails. Anexos compactados, e-mails de remetentes de conhecidos ou de conteúdo suspeito devem ser imediatamente excluídos. Mesmo que suponha conhecer uma pessoa, se não espera receber dela um e-mail com supostas "fotos", órgãos com supostas cobranças anexas, multas, encomendas, e os famosos "você acaba de ganhar", nunca abra tais e-mails ou anexos. Com toda certeza, estão querendo lhe contaminar.

Para o vírus entrar na sua máquina ou dispositivo ele precisa ser executado, porém, ele pode estar escondido em outro arquivo – o de um programa, por exemplo – portanto ele é instalado sem a sua conscientização.

Como me proteger?

  • Instale um programa antivírus. Instalar um programa antivírus e mantê-lo atualizado pode ajudar a defender o computador contra vírus. Programas antivírus verificam se há algum vírus tentando entrar no e-mail, no sistema operacional ou em arquivos. Novos vírus surgem diariamente; portanto, defina seu software antivírus para instalar atualizações automaticamente.
  • Não abra anexos de emails, a menos que você os esteja esperando. Muitos vírus são anexados a mensagens de e-mail e serão disseminados assim que você abrir o anexo de e-mail. É mais seguro não abrir anexos que você não esteja esperando. Para obter mais informações, consulte Quando confiar em um e-mail.
  • Mantenha o computador atualizado. A Microsoft libera atualizações de segurança que podem ajudar a proteger o computador. Certifique-se de que o Windows receba essas atualizações ativando as atualizações automáticas do Windows. 
  • Use um firewall. O Firewall do Windows ou qualquer outro firewall pode ajudar a alertar você sobre atividades suspeitas caso um vírus ou worm tente se conectar ao computador. Ele também pode bloquear vírus, worms e hackers que tentem baixar programas potencialmente prejudiciais ao computador.
  • Use as configurações de privacidade de seu navegador. É importante saber como os sites podem usar suas informações particulares para ajudar a evitar fraudes e roubos de identidade. Se estiver usando o Internet Explorer, você pode ajustar as configurações de privacidade ou restaurar as configurações padrão sempre que desejar.
  • Use um bloqueador de pop-ups no navegador. Janelas pop-up são pequenas janelas do navegador que aparecem sobre o site em exibição. Embora a maioria delas seja criada por anunciantes, elas também podem conter código mal-intencionado ou inseguro. Um bloqueador de pop-ups pode impedir que algumas ou todas essas janelas sejam exibidas.

O recurso Bloqueador de Pop-ups do Internet Explorer está ativado por padrão.

  • Ative o UAC (Controle de Conta de Usuário). Quando alterações que exigem permissões em nível de administrador forem feitas no computador, o UAC o notifica e fornece a oportunidade de aprovar as alterações. O UAC pode ajudar a impedir que vírus façam alterações não desejadas. Para saber mais sobre como ativar o UAC e ajustar suas configurações, consulte Ativar ou desativar o Controle da Conta de Usuário.
  • Faça Backups regularmente. Cópia de segurança de seus dados e e-mails devem ser realizadas regularmente em um dispositivo fora de seu computador. Cópias em HD´s externos ou em nuvem são ótimas alternativas. As vezes, somente assim seus dados podem ser recuperados com segurança.
     

Seja em sua casa ou em sua empresa, tome os cuidados básicos para que não tenha dores de cabeça no futuro. Aqui na PHS Brasil Consultoria em Informática fazemos a gestão e controle de todos os computadores da rede de empresas, garantindo que as ações relacionadas a softwares de antivírus, firewall, backups, dentre outras estejam ativas, funcionais e monitoradas!

 

Precisando de ajuda, conte conosco.

 

Bibliografia e material de apoio:

Microsoft. www.microsoft.com
Oficina da Net https://www.oficinadanet.com.br/
Youtube https://youtu.be/TWgB3BaHXHY